Judas Priest

Judas Priest

A Judas Priest foi criada em 1969 em Birmingham, na Inglaterra., por Al Atkins, K.K. Downing, Ian Hill e John Ellis. O nome Judas Priest foi tirado da música "The Ballad Of Frankie Lee And Judas Priest", de Bob Dylan. Atkins e Ellis logo sairiam da formação, dando lugar a Rob Halford e John Hinch. Mais tarde se juntou à banda mais um guitarrista, Glenn Tipton. O primeiro disco da banda, "Rocka-Rolla", foi lançado em 1974. No mesmo ano John Hinch abandonou a banda e foi substituído por Alan Moore. Em 1976 gravaram "Sad Wings Of Destiny", que rendeu um contrato com uma gravadora. Com "Killing ...

Clipes

Live from the 1983 US Festival

Video (AC3 Surround Sound)

Live 2012

Biografia completa

A Judas Priest foi criada em 1969 em Birmingham, na Inglaterra., por Al Atkins, K.K. Downing, Ian Hill e John Ellis. O nome Judas Priest foi tirado da música "The Ballad Of Frankie Lee And Judas Priest", de Bob Dylan. Atkins e Ellis logo sairiam da formação, dando lugar a Rob Halford e John Hinch. Mais tarde se juntou à banda mais um guitarrista, Glenn Tipton. O primeiro disco da banda, "Rocka-Rolla", foi lançado em 1974. No mesmo ano John Hinch abandonou a banda e foi substituído por Alan Moore. Em 1976 gravaram "Sad Wings Of Destiny", que rendeu um contrato com uma gravadora. Com "Killing Machine", de 1978, passaram a liderar junto ao Iron Maiden a New Wave Of British Heavy Metal, movimento que revelou praticamente todas as grandes bandas de metal clássico da Inglaterra. O auge da carreira internacional da banda aconteceu com "Screaming For Vengeance", de 1982, e "Defenders Of The Faith", de 1984. No ano seguinte um fato marcou a história do grupo: dois fãs adolescentes se suicidaram e o Judas Priest foi acusado de tê-los influenciado. Após anos de julgamentos, ficou provado que o suicídio dos garotos teria sido resultado de problemas e violência domésticos. O álbum "Turbo", de 1986, causou polêmica e não foi bem aceito pela crítica e pelo público por usar instrumentos eletrônicos, o que dava um tom muito comercial, incompatível com a história da banda. O álbum posterior, "Ram It Down" retornou à sonoridade e ao visual característico da banda, mas também não agradou. Em 1990 veio "Painkiller", uma verdadeira volta por cima. Após uma pausa de seis anos, o Judas Priest retornou com um novo vocalista - Ripper Owens - e lançou "Jugulator", um trabalho totalmente diferente de tudo que já havia sido feito por eles. Em 2001 sai "Demolition", que assim como seu antecessor tendia ao metal moderno. Apesar de o disco ter consolidado Ripper Owens como vocalista, Halford voltou a assumir o posto dois anos mais tarde. Em 2005 sai "Angel of Retribution", uma volta ao metal mais tradicional e característico da banda. Fora do Judas, Ripper foi para a banda Iced Earth e depois para a Yngwie Malmsteen. Adaptando peso, velocidade, temática violenta e roupas com detalhes em metal, a Judas Priest fez história. Pode ser considerada uma das precursoras do heavy metal moderno. DISCOGRAFIA 1974 - Rocka Rolla 1976 - Sad Wings of Destiny 1977 - Sin After Sin 1978 - Stained Class 1978 - Killing Machine 1978 - The Best of Judas Priest 1979 - Unleashed in the East - Live in Japan 1980 - British Steel 1981 - Point of Entry 1981 - Hero, Hero 1982 - Screaming for Vengeance 1984 - Defenders of the Faith 1986 - Turbo 1988 - Ram It Down 1987 - Priest...Live! 1989 - The Collection 1990 - Painkiller 1993 - Genocide 1993 - Metal Works '73-'93 1996 - Prisoners of Pain 1997 - Jugulator 1997 - The Best of Judas Priest: Living After Midnight 1998 - '98 Live Meltdown 2001 - Demolition 2003 - Live in London ( DVD) 2004 - Metalogy 2005 - Rising in the East (DVD) 2005 - Angel of Retribution 2006 - The Essential Judas Priest 2008 - Nostradamus